O que causa estouro no coletor de admissão?


Começa com um barulho esquisito e logo se torna um estouro no coletor de admissão. O black fire, é, nada mais e nada menos, do que um dos problemas mais comuns em veículos com o motor desregulado.

Continue a leitura e saiba tudo sobre como resolvê-lo!

O que é estouro no coletor de admissão?

Você já deve ter visto isso acontecendo com alguns carros: de repente, um veículo passa pela rua com barulhos super altos que quase se parecem com uma explosão de fogos de artifício no ano novo.

Esse tipo de acontecimento é mais comum do que você imagina. Basta observar por alguns momentos o que acontece nas ruas do país.

Quando esses estouros acontecem, é bem comum também que sejam observadas chamas saindo do escapamento do veículo. Essa série de acontecimentos, quando correlacionados, é chamado de blackfire e a sua causa é relativamente simples de resolver.

As explosões geralmente ocorrem porque resíduos da gasolina ou do álcool utilizado como combustível acabam saindo no escapamento do carro, resultado do processo de combustão.

Assim, o resultado é claro: uma série de pequenas explosões bastante ruidosas, que podem e devem preocupar o proprietário do veículo.

O que causa estouro no coletor de admissão?

O problema é causado quando o motor, uma vez desregulado, acaba por injetar mais combustível do que deveria.Quando isso ocorre, há uma sobrecarga da capacidade que o cilindro do carro tem para queimar o combustível.

Aí, a bagunça está feita: quando o escape abre a sua válvula para que os gases da queima de combustível sejam liberados, o álcool ou a gasolina escapam e, com isso, acaba ocorrendo a explosão.

Além disso, junto com o barulho, não é incomum que chamas e muita fumaça se formem.

É por isso que levar o veículo para ser regulado é essencial, sobretudo quando esses estouros começam a aparecer. Isso também vai ajudar na preservação de outras peças importantes do carro, que podem ser danificadas com as explosões frequentes.

O filtro de ar, por exemplo, é uma delas, que pode ter de ser trocado mais frequentemente por conta da utilização incorreta. Já o coletor de admissão, muitas vezes de plástico, pode simplesmente perder sua forma original por conta do calor extremo.

Os sensores eletrônicos, que geralmente são bem sensíveis ao calor, também entram na mira do blackfire.

E, por fim, o equipamento mais prejudicado é, sem dúvida, o bolso do proprietário, que acaba tendo de arcar com os custos de um maior consumo de combustível.

Considerando todos esses fatores, é preciso agir rápido, sobretudo porque aquilo que envolve essa explosão descontrolada pode gerar um acidente grave com o veículo, além de ser bastante desconfortável dirigir com esses barulhos constantes acontecendo.

Como evitar estouros no coletor de admissão?

Na imagem, uma motorista está verificando os componentes em baixo do capô do carro, uma vez que a revisão é um procedimento para evitar que aconteça os estouros no coletor de admissão
A revisão é um procedimento essencial para evitar que aconteça os estouros no coletor de admissão.

É comum que carros apresentem problemas, mas para evitá-los existe uma saída simples: a revisão.

É essencial que a manutenção e revisão veicular estejam em dia para que todo o sistema de ignição, velas e peças possam ser revisadas.

Igualmente importante, é trocar as velas, que acabam por sucumbir pelo tempo de uso. Para veículos que utilizam álcool ou gasolina, a cada 20 mil quilômetros a revisão também vai precisar trocar algumas peças.

Já para veículos que utilizam GNV, a revisão também exige a troca de algumas das velas a cada 10 mil quilômetros. E, para melhorar o funcionamento do veículo, vale garantir a instalação de velas específicas para motores GNV.

Também é essencial garantir que peças de boa qualidade sejam instaladas no carro, como um variador de avanço. Essa peça faz a correção do ponto de ignição e a manutenção da mistura entre ar e combustível.

E em carros esportivos, o que causa estouro no coletor de admissão?

Em veículos esportivos modificados para que tenham melhor performance, mesmo aqueles com sistema eletrônico de injeção, o blackfire também pode surgir.

Neles, o blackfire é resultante da capacidade aumentada da admissão do combustível, o que é mais do que comum neste tipo de veículo, já que ele envia mais combustível para o escapamento, que acaba entrando em combustão e gerando os estouros.

No entanto, não é só em carros esportivos que esse problema pode ocorrer. Veículos adaptados para GNV (Gás Natural Veicular)  também podem apresentar o blackfire, que é ocasionado pela forma mais lenta que acontece a queima do combustível. 

Agora você já sabe o que causa o estouro no coletor de admissão e como evitar que esse problema aconteça. Se quiser continuar acompanhando mais conteúdos como este, acesse nosso blog e fique por dentro das melhores dicas para manter seu veículo sempre em boas condições!

Um pensamento em “O que causa estouro no coletor de admissão?

  1. no meu gol g3 8v 1.0 . 2004 troquei os bicos novos e ai quando liguei a chave pegou legal mais quando foi liga ele depois de umas horas deu um estouro e sai uma fumaça hoje de manhã também mais é só na primeira vez quando a caba a fumaça ele liga norma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Peça agora! 4003.6126 Telefone Peça pelo WhatsApp