Veja como funciona o sistema de lubrificação do motor


É essencial entender como o sistema de lubrificação funciona, já que a lubrificação do motor do automóvel garante a refrigeração e a fluidez do motor de qualquer veículo

E para te ajudar a entender as questões relacionadas à lubrificação do motor, trouxemos este conteúdo com as principais dicas sobre o assunto. 

Quer conferir? Siga com a leitura e aumente seus conhecimentos sobre a mecânica automotiva

 

Qual é a importância da lubrificação do motor? 

O sistema de lubrificação do motor serve para preservar o conjunto mecânico do automóvel. É esse sistema que garante a durabilidade das peças no longo prazo. 

Em outras palavras, a lubrificação evita atrito, desgaste e o superaquecimento do motor, garantindo o bom funcionamento do veículo. 

 

Quais os componentes do sistema de lubrificação? 

Bomba de óleo, pescador, interruptor de pressão de óleo, cárter do motor e filtro de óleo são os principais componentes do sistema de lubrificação.

 

Como funciona o sistema de lubrificação do motor? 

O óleo fica dentro de um circuito fechado. Ele é canalizado e faz um percurso até os componentes do motor. Depois, o sistema de lubrificação distribui a refrigeração e a fluidez nas seções com maior atrito e calor. 

 

Como identificar os problemas deste sistema de lubrificação? 

Para saber se o sistema de lubrificação do motor está com problemas, você deve prestar atenção nos seguintes itens

 

  • Aumento da temperatura do automóvel;
  • Aumento no consumo de combustível;
  • Sobrecarga de trabalho do motor;
  • Atrito nas peças do motor;
  • Desgaste dos componentes internos.

 

Quais os principais problemas do sistema de lubrificação do motor do automóvel? 

 

pai e filho conversando em frente ao carro com capô aberto
O sistema de lubrificação do motor é um tanto complexo, sendo necessário diversos cuidados quanto à escolha do óleo.

 

O sistema de lubrificação do motor é um pouco complexo e por isso pode apresentar vários problemas. No entanto, os mais comuns são: 

 

Defeito nas bronzinas e nos virabrequins

As bronzinas funcionam como redutores de atrito. No entanto, para funcionarem de maneira adequada, elas dependem da ação do lubrificante em suas paredes e na parte interna que elas protegem.

Portanto, é preciso observar essas peças, pois elas podem “esconder” vários sintomas de uma lubrificação deficiente. E como saber que elas estão ruins? A superfície das bronzinas apresentam desgaste de maneira uniforme quando há um superaquecimento

Verifique também se elas estão escuras. Isso pode ser um sinal de pontos de atrito e de que a lubrificação é ineficiente. Neste caso, as principais causas do problema serão:

 

 

As bronzinas também poderão estar frouxas, o que sugere uma fixação inadequada do componente que vibra durante o funcionamento. E por último, elas podem apresentar sinais de corrosão

Nesse cenário, as bronzinas terão um aspecto escuro e esponjoso, causado por lubrificante com composição inadequada e elementos ácidos na fórmula. O problema também pode ser causado por combustível adulterado ou falta de troca de óleo

 

Problemas com a mistura de óleos

A mistura de óleos prejudica o sistema de lubrificação do motor. Por isso, o ideal é respeitar se o óleo é sintético, semissintético ou mineral e completar o óleo com o mesmo lubrificante. 

Assim, você garantirá a vida útil de todas as peças e do motor do automóvel. 

 

close em uma vareta medidora de óleo
Fique atento! Problemas no sistema de lubrificação podem ocasionar danos em outros componentes do veículo.

 

Contaminação por água 

A água não pode misturar com o óleo do automóvel. Caso isso aconteça, o óleo lubrificante perderá a sua concentração e qualidades assim que for diluído. 

Além disso, a água contaminada poderá acelerar o desgaste das peças. 

Outro problema é que ela também poderá provocar a corrosão nas galerias internas do motor do carro. E para piorar, também haverá presença de água no óleo do reservatório, podendo acumular espuma e prejudicar o controle térmico. 

 

Vazamentos 

O sistema de lubrificação do automóvel pode apresentar várias peças com vedação inadequada. Por isso, você como motorista ou mecânico deve optar pelo caminho mais pertinente para resolver o problema. 

Neste caso, um especialista irá desmontar todo o sistema de lubrificação do motor. Em seguida, será necessária uma análise detalhada de cada um dos componentes. 

Assim, será possível ter uma visão das rupturas e dos vazamentos que podem ter nas mangueiras, no tanque e nos filtros

Com o sistema desmontado também dá para saber qual a melhor solução para cada avaliação e avaliar a possibilidade de um reparo ou de uma substituição completa do sistema de lubrificação do motor. 

Como você já sabe, o sistema de lubrificação do motor do automóvel é muito importante para a preservação do “coração” do veículo. Por isso, uma revisão preventiva é de extrema importância para que tudo funcione corretamente.

Gostou do conteúdo? Venha ler mais conteúdos como este e ficar por dentro de novidades automobilísticas! 

 

Botão CTA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Peça agora! 4003.6126 Telefone Peça pelo WhatsApp