O som automotivo gasta muita energia? Descubra aqui!


A bateria é uma das peças mais importantes para o bom funcionamento do veículo, por isso, informar-se a respeito de pontos relevantes, como a relação entre a potência do som e o gasto de bateria, é fundamental para curtir uma boa música sem afetar a vida útil do componente.

Mas, afinal, será que o som automotivo gasta muita energia? Pensando em tirar as principais dúvidas sobre o assunto, preparamos o conteúdo a seguir. Confira nas próximas linhas! 

Qual o consumo de um som automotivo?

Na hora de pensar no sistema sonoro do veículo, bem como se o som automotivo gasta muita energia, é imprescindível se atentar a alguns detalhes, como módulo e alto-falantes adequados. Mas, além desses itens, pensar na bateria é fundamental, afinal, ela é quem dita o rendimento e a potência do som. 

A energia transferida para o som automotivo é proveniente justamente dessa peça do carro, por isso, saber qual o consumo necessário para que o som não seja limitado é importante. 

Como não existe um consumo de energia padrão, ou seja, depende das especificações da bateria de cada modelo, vamos te ensinar como saber a amperagem necessária para o som ser eficiente de modo prático. Confira a seguir:

Fique atento ao consumo musical do módulo amplificador. Ele indica o mínimo que Primeiramente, verifique qual é consumo musical do módulo amplificador que seu sistema necessita — o qual é especificado em watts RMS;

  • Com o valor em mãos, divida-o por 20. 

Exemplo: consumo musical do módulo amplificado de 1800 watts RMS

Cálculo: consumo musical do módulo amplificado/20, logo: 1800/20 = 90 amperes.

Tomando como base esse exemplo,  será preciso de uma bateria de 90 amperes ou mais para que o som seja reproduzido com qualidade.

Quanto tempo dura a bateria de um som automotivo?

A resposta é: depende. Afinal, muitas variáveis estão envolvidas. A qualidade da bateria, bem como sua marca, são muito importantes quando o assunto é durabilidade. As baterias da Moura, por exemplo, são de primeira linha, portanto, apostar nelas é uma excelente opção para esse e muitos outros quesitos.

Além do tipo de bateria e sua marca, outro fator relevante é o tempo de uso da mesma, pois geralmente após um período de dois anos a peça já não é capaz de manter sua capacidade máxima.

Além da bateria, especificações referentes ao som também devem ser levadas em consideração. Verificar quanto de consumo (quantos amperes) o aparelho demanda para tocar em sua potência mais elevada é muito importante. 

Antes de tudo, vale destacar que, quanto mais alto a pessoa colocar o volume do som, menos tempo durará a bateria automotiva. Além disso, é preciso ressaltar que, quanto maior a potência da bateria para som automotivo, maior será sua vida útil.

Por isso, a dica é optar pela compra de uma bateria de primeira, que proporcione qualidade para o seu sistema, como as oferecidas em nosso site — o Mourafacil.com. Além disso, opte por uma peça que possua amperagem maior do que a potência máxima do seu som automotivo. 

Quanto tempo carro pode ficar com som ligado?

Não há um tempo determinado. Na verdade, o que deve-se evitar mesmo é deixar o som ligado com o carro desligado, pois isso faz com que a bateria seja descarregada rapidamente. 

O que gasta bateria do carro?

Close de um som automotivo
Sempre verifique se o som do seu carro está desligado quando não estiver em uso.

 

Diversos são os fatores que fazem a bateria do carro ir perdendo vida útil. Dentre eles, está o sistema de som. Se usado de maneira inadequada, o som automotivo gasta muita energia. Por isso, é importante que os motoristas não liguem o rádio do carro com o motor desligado.

Ouvir músicas durante muito tempo sem ligar o motor do automóvel prejudica a bateria automotiva. Uma boa alternativa, caso você queira ouvir rádio com o carro desligado, é dar a partida no carro e deixá-lo ligado, sem acelerar, durante um período de 10 a 15 minutos. Dessa forma, o alternador consegue carregar a bateria, evitando que a mesma fique completamente sem carga.

Outro situação desagradável que gasta a bateria do carro é esquecer o som ligado. Portanto, antes de sair do automóvel, sempre verifique se desligou todos os dispositivos eletrônicos.

A seguir, confira outras razões que podem contribuir para que a bateria do seu carro seja gasta mais rapidamente:

1. Deixar a chave de ignição ligada por muito tempo

Esquecer a chave de ignição ligada durante um grande período de tempo pode roubar a carga da bateria do veículo. 

2. Esquecer os faroletes ligados

Os faroletes, ou luzes de posição, consomem a bateria do automóvel. Por isso, ao estacionar o carro, verifique se desligou tudo, a fim de evitar que o carro não dê partida e te deixe na mão.

3. Ter luzes com defeito

Realizar a manutenção preventiva no seu veículo é essencial. Com ela, esse tipo de problema poderia ser evitado. Afinal, ninguém quer que a bateria automotiva fique sem carga por conta de possuir luzes internas, como as do porta-luvas e porta traseira, com defeito, não é mesmo? 

4. Ter mais dispositivos conectados

Conectar mais dispositivos no veículo, além daqueles que já vêm de fábrica, podem diminuir a vida útil da bateria do automóvel. Por isso, é muito importante que não haja exageros na hora da instalação dos dispositivos, bem como os mesmos sejam instalados de acordo com a amperagem da bateria.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Peça agora! 4003.6126 Telefone Peça pelo WhatsApp